Coleções Cápsulas

O Studio Trinca produz 02 diferentes projetos de cápsulas ano a ano. Cada projeto cria um diálogo complementar um ao outro. São coleções exclusivas, com modelagens e caminhos atemporais e que privilegiam a utilização de tecidos naturais, como linho, algodão e seda. Além da repaginação de peças já existem no mundo, através do processo de  up-cycling e reciclagem de roupas já usadas. Após um processo de tingimento e recuperação dessas peças, temos um novo produto, cheio de criatividade e cores. Cada caminho é um trajeto, sendo cada cápsula, uma nova página de um livro aberto. 

A Cápsula Botânica explora de maneira pictórica, a impressão das plantas diretamente no tecido, através de um trabalho de pesquisa química e pigmentória, cada planta escolhida para o trabalho resulta num acontecimento. Cada tecido vira uma tela diferente, sendo "pintada" pelas mãos da própria natureza. Aqui, a cada edição, um designer de jóias é convidado à fazer parte do projeto, unindo sua trajetória expertise ao laboratório visual que é o tingimento botânico, em que resultados inesperados e inusitados são tidos como experiência natural. O design das peças e das jóias é pensado junto, numa dança em que cada par tem seu momento de achar novos compassos. Os cheiros dos tecidos após tingidos, exalam a potência das plantas, realizando um trabalho conjunto de expressão e impacto na nossa maneira de vê-las como parte de nós. 

A Cápsula Vintage, abrange a diversidade dos extratos tintórios naturais. Aqui, cada cápsula privilegia uma cartela de cores diferente. Vários tipos de extratos são usados com diferentes mordentes, o que nos abre o caminho de novas possibilidades de cores, entretelando nuances de cada tom, de forma mais atrativa e abrangente. Em cada projeto, um artista visual é convidado, trazendo suas técnicas e diálogos com diversas ferramentas artísticas, sendo inseridas em forma de camadas, fazendo com que assim, o tingimento natural seja parte de um contexto maior.  A arte construída em conjunto com a coleção, envolve resíduos têxteis que não usamos, potencializando o nosso diálogo sobre reciclagem e sustentabilidade na arte contemporânea. O grande protagonista é o tecido, toda obra e composição visual da peça é desenvolvida em favor da trama, da modelagem antiga e da história de cada peça, contribuindo para uma moda mais circular, mais artesanal e mais abrangente. Ressignificando-a e reutilizando-a em outro contexto, mais moderno, mais atual e mais consciente.

FLORESTA TROPICAL - 2017

PAIXÃO MORDENTE - 2018

  CÁPSULA EM PRODUÇÃO - EM BREVE CONTEÚDO AQUI

CÁPSULA EM PRODUÇÃO - EM BREVE CONTEÚDO AQUI